Blog UPBE | Aquecimento ou alongamento antes do exercício?
361
post-template-default,single,single-post,postid-361,single-format-standard,qode-listing-1.0.1,qode-social-login-1.0,qode-news-1.0,qode-quick-links-1.0,qode-restaurant-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-12.0.1,qode-theme-bridge,bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.2,vc_responsive

Aquecimento ou alongamento antes do exercício?

A pergunta do título deste post já deve ter deixado muita gente em dúvida, principalmente para quem está iniciando no esporte. Por isso, a gente foi ouvir quem entende do assunto. Emílio Sinobolli, educador físico da upbe, explicou os benefícios e quando cada um deve ser utilizado.

Aquecimento

A maioria das pessoas tem o hábito de não se aquecer antes dos treinos, ignorar este momento deixa o praticante mais suscetível às lesões.

O principal objetivo do aquecimento é preparar o organismo para o exercício ou modalidade esportiva que irá acontecer, queremos ativar o estado ideal psíquico e físico, seja no treinamento, na competição, ou no lazer.

Durante o aquecimento, teremos o aumento da temperatura corporal, maior trabalho do sistema cardiovascular e pulmonar, do metabolismo e da atividade neural.

Existem duas fases do aquecimento: o geral e o específico.

  • O aquecimento geral é aquele tipo de exercício que utiliza grandes grupos musculares e nem sempre estão relacionados com o exercício que virá posteriormente como parte principal do treino.

Exemplo: uma leve corrida (“trote”), ou um leve aquecimento na piscina, giro leve na bike, para um indivíduo que iria fazer a musculação.

  • O aquecimento específico, realizado sempre após o aquecimento geral, tem como característica principal gestos semelhantes ao exercício ou modalidade a ser executado na parte principal do plano de treino.

Exemplo: na musculação, você pode fazer de duas a três séries series de exercícios que envolvam a musculatura e articulações que serão trabalhadas com cargas de 40 a 60% do total que você costuma treinar

Exemplo: na corrida, inicie com uma caminhada leve por cinco minutos, progrida para um trote leve por mais cinco a dez minutos e, para, então, iniciar seu treino na velocidade ideal programada.

Alongamento

Existe, sim, uma polêmica sobre quando o alongamento precisa ser realizado. O alongamento deve ser parte integrante de qualquer programa de treinamento. Alongar o corpo é uma ação simples e que pode trazer inúmeros benefícios. “Exercícios de alongamento referem-se ao processo de alongar tecidos conjuntivos e músculos”.

Na minha opinião, não precisa ser feito antes das atividades, se você seguiu todo o processo de aquecimento descrito acima, apenas alongue pós-exercício e de maneira leve para facilitar o relaxamento muscular.

Poderemos utilizar do alongamento para restaurar a amplitude de movimento normal na articulação; prevenir o encurtamento ou tensionamento de grupos musculares.

Para melhorar seu alongamento e consequentemente a flexibilidade, você deve programar suas sessões de alongamento em dias alternados a treinos mais pesados, com alta intensidade, onde sua musculatura já está fadigada.

Uma coisa é certa: essas técnicas são essenciais para qualquer atividade. Seja uma simples caminhada, musculação, corrida ou um jogo de futebol com os amigos aos finais de semana. Faça corretamente, evite lesões e viva com muito mais saúde.

Compartilhe
Sem comentários