Blog UPBE | Dormir mal pode prejudicar a sua dieta
564
post-template-default,single,single-post,postid-564,single-format-standard,qode-listing-1.0.1,qode-social-login-1.0,qode-news-1.0,qode-quick-links-1.0,qode-restaurant-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-12.0.1,qode-theme-bridge,bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.2,vc_responsive

Dormir mal pode prejudicar a sua dieta

Dormir mal pode prejudicar a sua dieta

Quando queremos emagrecer ou controlar o peso, recorremos sempre a dietas e exercícios, correto? Mas você sabia que dormir bem, além de ser benéfico para a saúde e bem-estar, também é uma ótimo aliado da dieta?

Dormir o recomendado auxilia na perda de peso, pois ajuda na regulação de hormônios importantes para o controle da fome. Um estudo realizado pelo jornal científico “American Journal of Clinical Nutrition” mostrou que dormir de 6 a 8 horas de sono contribui para uma menor ingestão de açúcar e carboidratos. Já quem dorme menos de 6 horas por dia aumenta a produção de hormônios do estresse, elevando o apetite e dificultando a queima de gordura.

O programa da BBC “Trust me, I’m a doctor”, realizou um experimento com quatro pessoas para comprovar a teoria de que dormir menos que o recomendado faz as pessoas comerem mais. Três voluntários que tiveram o sono interrompido várias vezes durante a noite, comeram mais do que o normal no café da manhã e escolheram alimentos mais calóricos. Já o único voluntário que dormiu bem fez a sua refeição normalmente.

E por quê quando dormimos menos, nós comemos mais?

Isso acontece porque afeta dois hormônios relacionados à fome: a grelina e a leptina.

A grelina é um hormônio produzido no estômago que auxilia na digestão, mas também estimula o apetite. Quando dormimos pouco ou mal, ela pode ser produzida em maior quantidade, aumentando a fome e a vontade de comer.

Já a leptina é um hormônio produzido durante o sono e que promove a sensação de saciedade e no controle de compulsões alimentares. Acontece que quando a grelina é produzida em maior quantidade, a leptina é suprimida e com isso, não é mandado ao nosso corpo o sinal de quando estamos saciados.

Além disso, dormir mal faz com que o nosso cérebro escolha alimentos com maior teor de açúcar e carboidratos.

Tudo isso está ligado ao aumento da obesidade e outros problemas de saúde, como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares.

Portanto, verifique se o problema de manter o peso ou resistir a tentação de alimentos calóricos está associado a falta de sono.

Compartilhe
Sem comentários