Blog UPBE | Usar adoçante ajuda a emagrecer?
629
post-template-default,single,single-post,postid-629,single-format-standard,qode-listing-1.0.1,qode-social-login-1.0,qode-news-1.0,qode-quick-links-1.0,qode-restaurant-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-12.0.1,qode-theme-bridge,bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.2,vc_responsive

Usar adoçante ajuda a emagrecer?

Usar adoçante ajuda a emagrecer?

Precisando perder uns quilinhos? Que tal então substituir o açúcar e colocar um adoçante no lugar? Parece interessante, certo? Pois é. Só parece.

Uma publicação do periódico British Medical Journal (BMJ) revelou um estudo que analisou mais de 50 pesquisas sobre o impacto do uso de adoçantes no peso, no controle glicêmico, doenças cardiovasculares, câncer e IMC – o estudo conclui, de forma simplificada, que não há diferença entre o uso desses adoçantes e o açúcar.

O estudo buscou também identificar possíveis efeitos colaterais no uso dos adoçantes, mas os resultados foram inconclusivos.

Apesar dos resultados, alguns estudos mais recentes apontaram evidências de que a substituição de bebidas açucaradas por alternativas sem açúcar reduzir o ganho de peso em determinados grupos, como crianças e adolescentes.

Há necessidade ainda de mais pesquisas relacionadas ao tema, bem como pesquisas com maior tempo de duração. Talvez a melhor alternativa seja reduzir o uso de açúcar no seu dia a dia ao invés de buscar substituto. “Treinar” o paladar para tomar aquele cafezinho sem açúcar pode produzir melhor resultado para sua saúde do que simplesmente adicionar um adoçante.

Referências:
Non-sugar sweeteners and health
BMJ 2019; 364 doi: https://doi.org/10.1136/bmj.k5005 (Published 03 January 2019)

Compartilhe
Sem comentários